Escolha uma Página
Saiba como um blog pode ajudar o seu site, agregando valor e aumentando as suas vendas.
.

.
.
.
.

Site e Blog – Qual a diferença?



Para muitas pessoas, um site e um blog são praticamente a mesma coisa.

Até certo ponto isso é verdade.

Existem, porém, diferenças sensíveis em termos de conteúdo e dinâmica em cada um deles, que podem fazer uma diferença real.

Se você tem uma empresa estruturada (que comercialize algum tipo de produto físico, infoprodutos ou produtos digitais) ou mantém um negócio pessoal na Internet com estas mesmas características, é bem provável que obtenha melhores resultados ao fazer um intercâmbio entre o seu Blog e o seu site.



Características de um Site



Um site pode (e deve) ser utilizado como um instrumento “direto” para converter as suas vendas, dar suporte aos seus clientes, apresentar os seus produtos de uma forma mais objetiva e trabalhar as conversões a partir de um sentido de urgência, com um contexto mais “apelativo” para conseguir que o cliente não saia da sua página sem clicar no botão de compra.

Existem os chamados mini sites.

Estes não costumam ter mais de 3 ou 4 páginas.

Geralmente são páginas do tipo Home (página principal), que possui um link para uma página de contato, outro link para algum tipo de “amostra grátis” com demonstrações sobre o produto (como um vídeo, por exemplo) ou mesmo algum capítulo de um e-book que você possa estar promovendo.

Os mini sites têm a característica de trabalhar um produto de cada vez, ou seja, cria-se um mini site para cada produto que se quer vender e utilizam-se todos os recursos disponíveis para que o cliente conheça todas as vantagens de comprar.

Têm um contexto quase que exclusivamente apelativo e utilizam recursos sofisticados que atingem o cliente em seu “ponto” emocional, despertando, assim, o desejo de efetuar a compra imediatamente.

Um mini site bem trabalhado pode gerar muitas vendas, quando agregado a alguns recursos, como a disponibilização de outros produtos gratuitos que complementem o tema do produto principal que está sendo vendido.

Assim, o cliente percebe que está comprando algo cujo valor é superior ao preço que ele vai pagar.

Para concluir, podemos dizer que um site é construído a partir de um foco claro e objetivo e tem um público específico em mente, aonde o serviço ou produto é o seu foco principal.

Características de um Blog


Tecnicamente, um blog é um site, quando olhamos para as suas configurações legais, ou seja, quando observamos a necessidade de um domínio, alojamento e todas as demais circunstâncias para colocá-lo em funcionamento.


No entanto, a dinâmica de um Blog, permite a oportunidade de se desenvolver um relacionamento com seus clientes, relacionamentos estes que podem realmente gerar dividendos a longo prazo.

Os artigos ou vídeos postados no seu Blog podem ser utilizados, estrategicamente, para introduzir um determinado tema e começar a despertar o interesse do leitor sobre alguma coisa para a qual você tenha a solução.
Se as estratégias de alcançar um público-alvo definido forem eficientes, o primeiro passo já foi dado.

Um público-alvo pode ser definido como um conjunto de pessoas que estão a procura de soluções para problemas específicos.

Se estas pessoas estão procurando por soluções, então você poderá utilizar o seu Blog como um espaço para discutir os aspectos mais relevantes sobre este tema.

Se o trabalho for bem feito, você poderá direcionar, aos poucos, este público para uma abordagem mais direta e apresentar a solução no seu site.

Ter um blog em que você mesmo escreve e que, de alguma forma está ligado ao seu site, mas de forma independente, lhe dará o melhor dos dois mundos.



Fazendo a Integração


Quando você utiliza uma estratégia perfeitamente integrada entre o seu Blog e o seu site, a resposta psicológica das pessoas baseia-se em um sentimento de que há uma pessoa real por trás do negócio.

Elas sentem que estão a falar com você em tempo real através do seu blog.

Se você mantiver o blog atualizado, talvez dois ou três artigos por semana (eles não têm que ser longos,necessariamente) e se concentrar nos temas em que os seus clientes estão interessados, então você poderá amarrar os dois juntos (site e Blog) de uma maneira que fortaleça as relações de longo prazo.


Dê um passo a mais


Um recurso que poderá transformar uma estratégia “passiva” em uma estratégiaativa” é usar a comunicação direta com os seus clientes em potencial através de um trabalho bem estruturado de E-mail Marketing.

Não estou falando aqui sobre aquele tipo de E-mail Marketing aonde alguns “empreendedores” compram uma lista com milhões de nomes e e-mails e saem por aí a enviar e-mails indiscriminadamente, apostando em um retorno baseado em estatísticas numéricas.

Isto é Spam.

Eu falo sobre a construção de uma lista qualificada aonde você desenvolveu uma habilidade estratégica que lhe permitiu armazenar os nomes e e-mails de seus clientes em potencial (prospectos), mas com a diferença de que estes dados foram fornecidos pelos próprios prospectos,  por livre e espontânea vontade.

Assim, fica muito mais fácil enviar informações mais específicas e direcionadas a um público que está ávido por estas informações.

Um trabalho de e-mail marketing eficaz, deve contar com uma estratégia muito bem definida, assim como uma ferramenta de envio de e-mails em massa à altura da seriedade do seu negócio.

Esta ferramenta é conhecida como “autoresponder” e existem muitos no mercado.

Porém, são muito poucos os que têm credibilidade suficiente para dar um suporte  de alto nível ao seu negócio.

Se quiser saber um pouco mais sobre o que é um Autoresponder, leia o artigo que está no link abaixo.


Autoresponder: o que é e como funciona

.

Se estiver interessado em conhecer mais a fundo as estratégias que acabei de mencionar, basta se inscrever no meu curso – Curso Top Exensivo – que é totalmente GRÁTIS.

Ele lhe dará uma visão muito bem elaborada sobre as integrações que poderão ser implementadas tanto para a captação, quanto para um relacionamento eficiente com os seus prováveis clientes.

Para isto, basta clicar na imagem abaixo.

Até o próximo artigo.

Gostou? Então Compartilhe!