Escolha uma Página

Esta é a continuação da série sobre algumas dicas de como usar o Facebook para negócios.

Leia e saiba como jogar conforme as regras para ter o melhor aproveitamento.


Clique aqui para ler o artigo anterior.

Estratégias Ativas


Depois de ter configurado o seu perfil, tomando o cuidado de otimizá-lo corretamente, você terá maiores chances de ser localizado por usuários que possuem interesses e afinidades em comum.

Agora as suas bases já estarão preparadas e o seu perfil poderá ser rastreado pelos motores de busca internos do Facebook, de um modo que lhe seja vantajoso.

Isto quer dizer que, seja qual for o algoritmo utilizado naquele momento pelo Facebook (pois eles podem variar, dependendo do contexto), o seu perfil poderá aparecer como sugestão para que outros usuários, que têm um perfil semelhante ao seu, lhe adicionem como amigo.

Feito isto, deveremos passar para a segunda fase de nossa estratégia global.

Nesta fase, é necessário sair em busca das pessoas que realmente nos interessam (em termos de negócios, é claro), embora sempre experimentemos o prazer de nos relacionar com os amigos pessoais, parentes, colegas de trabalho, ex-colegas de colégio, faculdade, etc., que encontraremos freqüentemente pelo Facebook.

E é justamente isto que dá um toque de divertimento ao trabalho.


Pesquisar por Palavras-Chave


Pense comigo:

Quando configurou o seu perfil, você escreveu um pouco sobre os seus interesses, atividades e descreveu em poucas palavras sobre quem é você e o que você faz.

Como os campos de preenchimento dos perfis são os mesmos para todos, então é só digitar algumas palavras-chave que lhe interessem (no campo de pesquisa, na parte superior da sua página) e deixar que os mecanismos de busca do Facebook façam o trabalho por você.

Desta forma serão apresentados vários resultados com os perfis que estiverem relacionados com essas palavras.

Mas atente para um detalhe muito importante: certifique-se de que esta pessoa seja “ativa” no Facebook, ou seja, que ela esteja “logada” na rede regularmente e que também interaja com outros usuários de um modo participativo.

Simples, não é?

O trabalho agora será concentrado em visitar cada um desses perfis e fazer uma avaliação mais detalhada, com o objetivo de adicionar esta pessoa como amiga, caso haja alguma identificação que seja do seu interesse.

Mas se o objetivo for criar um relacionamento, então eu sugiro que você dê um passo a mais e comece por “chamar a atenção” desta pessoa logo no início.


Mas como fazer isso?


A resposta, como sempre, é simples:

Envie uma mensagem para ela, mas tenha o cuidado de colocar o nome dessa pessoa logo no início, ou seja, envie uma mensagem personalizada.

Pode ser uma mensagem dizendo que visitou o perfil dela e notou que vocês têm interesses em comum e que, por isso, gostaria que ela aceitasse a sua solicitação para iniciarem uma amizade e trocarem informações a respeito dos mesmos interesses.

Neste gesto simples estão embutidos alguns princípios fundamentais e muito eficazes.

1 – Em primeiro lugar, ela ficará curiosa a respeito dos seus interesses, pois você acabou de declarar que ambos possuem interesses em comum.

Afinal, todos gostam de se agrupar de acordo com as afinidades.

2 – Em segundo lugar, ela vai perceber que você se deu ao trabalho de visitar o seu perfil e enviou uma solicitação de amizade após ter feito uma análise.

Isto sugere que você gostou do que viu e, normalmente, a pessoa se sente lisonjeada com isto, mesmo que seja a nível inconsciente.


E não é só isso!


3 – Você também teve o cuidado de enviar uma mensagem personalizada (identificando-a pelo seu primeiro nome) e reforçando a sua intenção de construir uma amizade com ela.

Por mais simples que isto possa parecer, a experiência mostra que as pessoas sentem-se muito mais atraídas por aquelas que lhes dão atenção.

Todos nós gostamos de ser tratados pelo primeiro nome, pois o nosso subconsciente identifica isso como respeito, consideração, tratamento diferenciado (no bom sentido), atenção, etc.

4 – Você também está sugerindo que é uma pessoa séria e que adota critérios na hora de escolher as suas amizades.

Logo, ela vai ficar muito satisfeita por fazer parte da sua lista de amigos tão seletos.

Todas estas coisas subliminares estão embutidas nestas ações simples e é justamente isso que as tornam tão poderosas.

Isto faz com que , geralmente, este usuário também visite o seu perfil, para saber quem é você e o que você faz.

Afinal de contas, não é todo mundo que tem este tipo de cuidado e consideração no trato com as outras pessoas, não é mesmo?


A partir de agora, você terá que preparar a sua página pessoal de tal forma que todos aqueles que a visitem, se sintam atraídos pelo conteúdo que você publica.

Mas isto é outra história e que será abordada mais para frente nesta série de artigos sobre estratégias para o Facebook.

Por enquanto, ainda teremos muito a falar sobre “aonde e como” procurar por pessoas identificadas com os nossos interesses e, sobretudo, como construir relações com cada uma delas e tornar a nossa estratégia de geração de negócios cada vez mais eficaz.

Não perca o próximo artigo desta série e até lá.



Gostou? Então Compartilhe!